sábado, 17 de setembro de 2011

A manifestação instantânea Por Comunidade Ashtar


Recebida em 8 de setembro de 2011 por Simon Leclerc
Nota: Esse texto é um excerto de um encontro individual com a Comunidade Ashtar, ocorrido em 21 de julho de 2011. A mensagem foi “recanalizada” a fim de ser adaptada a maior público.

Queridas Almas, a alquimia que tanto vos fascina acessa sua fonte no Ser, quando ele observa a matéria a partir de um espaço “fora da matéria”. Não basta repetir internamente que essa matéria é uma ilusão e que pode ser modificada à vontade, a fim de que se transforme. Porque durante todo o tempo em que o olhar pelo qual o Ser observa a matéria esteja situado no interior da matriz, não pode ele modificar alquimicamente essa matéria. Ela a modificará, certamente, mas tal ocorrerá segundo o padrão do tempo e espaço.
Que significa isso? Sois deuses encarnados e vosso pensamento é ouro. Nesse senso, quando são eles emitidos, vossos pensamentos são recebidos pelo Universo como convites a tornar concreto o intangível, a dar uma forma visível a vossas emanações psíquicas. Uma vez que viveis na matéria, o Universo vos devolve, então, vossos pensamentos em formas adaptadas ao vosso meio. E é nesse sentido que ele utilizará o tempo e o espaço para criar a mudança que pedistes, já que a pedistes a partir do espaço que chamamos de intra-matricial. O Universo será, então, convidado, ao longo do tempo e no espaço, a criar a mudança requerida. E o amor universal, ou seja, Deus em movimento, tomará forma na matéria.
Mas para transformar alquimicamente essa matéria, portanto para mudar o código vibratório da célula e não apenas substituí-la por outra, é mister observá-la a partir de um espaço fora da matéria. E, assim, o Ser pode transformar a matéria instantaneamente, porque ele a contempla de lá, onde ela se origina e onde se situa seu nascedouro. A manifestação não é mais tingida com o tempo e o espaço, ela se torna imediata.
Na matéria, o fato de estar ela ligada ao tempo e ao espaço cria dúvidas que maculam vossas criações. Fazem, elas, parte da manifestação intramatricial. Essas dúvidas constituem novos ingredientes que acrescentais a vossas “receitas originais”. Elas influenciam o resultado final. Algumas vezes, esse resultado se apresenta tão distante da primeira visão que vós não mais o reconheceis. Alguns dirão, então: “mas não desejo isso, já que pedi aquilo lá”. Será que o Universo se enganou?
Paradoxalmente, a manifestação extra-matricial, ou a alquimia molecular, é muito mais fácil de realizar que a criação dentro da matéria. Mas para aí chegar, o domínio de vosso ritmo vibratório deve ser atingido, e a meditação/contemplação sistemática constitui vossa principal aliada. Essa aqui vos permite elevar vosso olhar além das ilusões da matéria, permitindo, então, que não mais estejais submissos à dimensão do ego humano faz parte dos pensamentos mais pesados.
Vós nos direis que poucos Seres dominaram a alquimia molecular, em comparação à manifestação intra-matricial. Somente que a a manifestação na matriz está sujeita a um conjunto de elementos muito frequentemente inconscientes, as influências sociais, emocionais, ambientais, que são parâmetros que se ligam às vossa criações e que tornam muito complexa a manifestação pura.
Quando o Ser se eleva se eleva vibratoriamente às 4ª e 5ª dimensões e quando observa a matriz “do exterior”, tem ele condições de utilizar a substância fora da matriz, a luz pura que engloba e anima toda e qualquer vida, para pô-la na matéria e criar o objeto de sua intenção. E, então, o tempo e o espaço sendo maleáveis, permitem que a alquimia tome forma na instantaneidade.
Tudo isso para vos dizer que, quanto mais elevais vosso ritmo vibratório, mais tocais um espaço que vos permite manifestar na matéria de modo consciente, coerente e muito mais orientado do que o fazeis atualmente. Se, no início, o tempo e o espaço fazem parte de vossas criações, saibam que quanto mais vos elevais, mais esses elementos desmoronar-se-ão e revelarão sua verdadeira natureza, seu aspecto ilusório e efêmero. Isso pode durar algum tempo para acontecer, mas a instantaneidade apresentar-se-á, cedo ou tarde.
Queridos amigos, em certo momento do percurso, ficareis todos impressionados com vossas próprias capacidades de transmutação. Transmutar a matéria, ou vossas condições, tornar-se-á comum a vós, será um elemento corriqueiro de vosso quotidiano. Isso será até ensinado em vossas escolas.


Bendigam a passagem atual, porque ela é verdadeiramente grandiosa. Ela vos conduzirá exatamente até lá, onde vossa Alma se dirige, ao coração de vosso Ser profundo, ao centro do Universo.
Sabemos que não compreendeis todas as explicações contidas nessa mensagem. Mas deixai  vossa sapiência infinita vos revelar as passagens, à medida que as possa absorver. A evolução não é uma corrida contra o relógio. Ela se apresenta em sintonia total e perfeita com o ritmo de integração de cada um. É vossa capacidade de amar e de serdes amados que vos religam ao Universo e não vossa aptidão de compreender todas as suas engrenagens.
Saudamos-vos, caros amigos. Concluímos aqui essa mensagem.
Saudações a todos vós,

Comunidade Ashtar e Grande Fraternidade Universal

--------------------------------------
Recebido em 8 de setembro de 2011, por Simon Leclerc (www.psychologiedelame.com)

Podeis compartilhar livremente essa mensagem desde que conserveis sua integralidade, sem nada modificar ou elevar, inclusive sua procedência e essas linhas. Grato.
www.psychologiedelame.com/message-08-09-11.html
Tradução de Marjo Paradizo ( mfonseca50@gmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário